set 172014

Secretaria da Mulher lança Plano Distrital e Lei Maria da Penha em braille

Artigo 1

Jornal de Brasília – Garantir que todas e todos tenham acesso a importantes documentos destinados à sociedade. Este é o objetivo da Secretaria da Mulher do DF ao socializar a íntegra da Lei nº 11.340/2006 – Lei Maria da Penha – e o I Plano Distrital de Políticas para as Mulheres (I PDPM) em braille. Os primeiros exemplares estarão disponíveis para consulta de 19 a 21 de setembro, quando ocorre o 3º Salão de Negócios da Acessibilidade, Reabilitação e Inclusão Social, no Pátio Brasil.

“Ao lançar a versão em braille dos documentos, a Secretaria da Mulher dá mais um passo para defender, ampliar, democratizar e concretizar os direitos das mulheres no Distrito Federal, ao mesmo tempo em que atende algumas das 310 ações do I PDPM, como ampliar a difusão da Lei Maria da penha com enfoque para as mulheres com deficiência”, avalia a secretária da Mulher, Valesca Leão.

Após o lançamento, exemplares de ambas publicações estarão disponíveis para consulta nas Secretarias da Mulher; de Cultura; de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (na Praça do Cidadão, estação 114 Sul do Metrô); e de Educação (para apoiar atividades direcionadas às/aos alunas/os da modalidade Educação Especial, e no CEEDV – Centro de Ensino Especial de Deficiência Visual); no Conselho de Pessoas com Deficiência (CODED); e na Biblioteca Braille Dorina Nowill (CNB 1 – Taguatinga).

“Certamente, esta integração entre diversos órgãos do poder executivo, com a finalidade de articular políticas, programas e ações, beneficiarão não apenas as mulheres com deficiência – ao proporcionar condições adequadas para a sua participação nas discussões sobre as políticas públicas – mas toda a sociedade que luta pela equidade de gênero”, consta Sandra Di Croce Patricio, subsecretária de Políticas para as Mulheres da SEM-DF.

Inclusão social

O lançamento da Lei nº 11.340/2006 e do I PDPM em braille ocorrerá no dia 19, às 16h, no auditório 2, seguido de uma palestra sobre os avanços da Lei Maria da Penha com o psicólogo e servidor da Secretaria da Mulher, Carlos Coelho. Toda a estrutura do evento será montada na área externa do Pátio Brasil Shopping. A entrada é franca.

Durante os três dias, a Secretaria da Mulher estará com um estande na feira. No espaço, será possível também conferir os bordados, as tapeçarias e as bijuterias produzidas pelo Grupo de Apoio às Mulheres Atingidas pela Hanseníase (GAMAH). O grupo é formado por 40 pessoas, desde pacientes, ex-pacientes e alguns familiares que, naturalmente, são afetados pelo problema social da hanseníase.

Postar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*



Monitoramento CEDAW - Ação Permanente
Endereço: Rua General Andrade Neves, 159, sala 85, 8º andar Centro Histórico, Porto Alegre, RS, CEP: 90010-210