out 112014

ONU Mulheres e Estação Primeira de Mangueira anunciam parceria na quadra da escola

artigo cedaw

ONU MULHERES – A tradicional feijoada da Mangueira da tarde deste sábado (11/10), na quadra da escola, teve um tema especial: o anúncio da parceria entre a Mangueira e a ONU Mulheres para o carnaval 2015. A escola assumiu o reforço à campanha “O Valente Não é Violento“, da ONU, voltada para homens e meninos. Através de ações para educadores e formadores de sua comunidade, a Mangueira pretende incentivar o apoio masculino à igualdade de gênero e ao enfrentamento à violência contra mulheres e meninas.

mangueiraCom o enredo “Agora chegou a vez, vou cantar: Mulher de Mangueira, Mulher Brasileira em primeiro lugar”, a escola inaugurou, em setembro de 2014, o Ano das Mulheres na Mangueira, que se estenderá até setembro de 2015 com ações em projetos sociais da comunidade.

“Acreditamos que o poder da Mangueira de emocionar, de apaixonar e de cativar as pessoas será um poderoso aliado para que o Brasil avance na visibilidade e na discussão sobre os direitos das mulheres e a igualdade de gênero”, disse Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres no Brasil.

valenteA parceria com a ONU Mulheres no carnaval 2015 da Mangueira passará também a integrar o calendário de celebrações de Pequim+20, que busca apoio global ao cumprimento da Plataforma e do Plano de Ação de Pequim. Com o lema “Empoderar as Mulheres. Empoderar a Humanidade. Imagine!”, a campanha internacional é liderada pela ONU Mulheres e usará a linguagem do samba para transmitir a mensagem de igualdade na Sapucaí – e em mais de 200 países em todo o mundo, que é o alcance da transmissão dos desfiles.

“Esta é a união de duas grandes forças, e vai ser uma parceria de muito sucesso. A ONU Mulheres e a Mangueira vão caminhar juntas para demonstrar a importância das mulheres para todos nós”, disse o presidente da escola, Chiquinho da Mangueira.

Tradição e novas gerações

Nilcimar Nogueira é neta do compositor Cartola e de sua esposa Dona Zica, personagens históricos do samba no Brasil e na Mangueira em particular. Para ela, a parceria entre a verde e rosa e a ONU Mulheres tem uma importância especial: “O berço do samba é o matriarcado, e essa parceria vai fortalecer as mulheres que trabalham incessantemente nas comunidades, muitas vezes de forma invisível, mas que têm um papel fundamental na manutenção e na transmissão dessa cultura para as novas gerações”, afirmou.

Já o integrante da Velha Guarda Pedro Paulo Lopes estava confiante na força do enredo. Com 75 anos, 56 deles dedicados à escola, ele acredita que a parceria com a ONU Mulheres pode ajudar a cativar o público. “Este é um tema universal, as mulheres têm problemas em todo lugar. E a Mangueira precisa de um enredo forte, que chegue nas pessoas. A parceria veio em boa hora”, sorri ele.

Pequim+20

A campanha Pequim +20 “Empoderar Mulheres, Empoderar a Humanidade: Imagine!” se propõe a mobilizar governos, sociedade civil, mídia, ativistas, especialistas e o Sistema das Nações Unidas em torno dos direitos das mulheres e meninas. A mobilização se baseia nas 12 áreas prioritárias da Plataforma de Ação de Pequim:

– Mulheres e pobreza;
– Educação e Capacitação de Mulheres;
– Mulheres e Saúde;
– Violência contra as Mulheres;
– Mulheres e Conflitos Armados;
– Mulheres e Economia;
– Mulheres no Poder e na liderança;
– Mecanismos institucionais para o Avanço das Mulheres;
– Direitos Humanos das Mulheres;
– Mulheres e a mídia;
– Mulheres e Meio Ambiente;
– Direitos das Meninas

Postar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*



Monitoramento CEDAW - Ação Permanente
Endereço: Rua General Andrade Neves, 159, sala 85, 8º andar Centro Histórico, Porto Alegre, RS, CEP: 90010-210