jul 032014

Mulheres vítimas de violência no ES vão ganhar visita diária da polícia

artigo cedaw

Victoria Varejão/G1 ES, com informações da TV Gazeta – As mulheres beneficiadas com Medidas Protetivas de Urgência (MPU) no Espírito Santo vão passar a ser visitadas pela patrulha da comunidade, segundo anunciou o governo do estado. As visitas serão realizadas diariamente dentro da área de patrulhamento de cada equipe e o programa dos policiais vai contar com um questionário a ser preenchido pelas mulheres. De acordo com dados colhidos pela Delegacia da Mulher, as vítimas têm, em geral, entre 35 e 50 anos, sendo que 65,3% sofre agressão física e ameaça de morte por parte do companheiro ou cônjuge.

O secretário de estado de Segurança, André Garcia, falou que as visitas tranquilizadoras têm duas funções para a população. “A primeira é levar tranquilidade para a mulher, é ela se sentir protegida por parte do estado. E a segunda é, havendo a notícia do descumprimento da medida de proteção, essa notícia será levada, imediatamente, ao Ministério Público, para que esse agressor seja levado a juízo para responder e, eventualmente, ser decretada a prisão preventiva por descumprimento de uma decisão judicial”, pontuou Garcia.

O patrulhamento vai ser possível, segundo destacou o secretário, por conta da contratação de uma nova leva de policiais. “Agora temos mais 1,1 mil policiais militares na academia em treinamento e temos ainda um concurso em aberto, além dos policiais civis que vão estruturar as delegacias das mulheres. Temos 40 delegados, escrivães e peritos criminais em treinamento na Academia de Polícia Civil”, falou ele.

Postar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*



Monitoramento CEDAW - Ação Permanente
Endereço: Rua General Andrade Neves, 159, sala 85, 8º andar Centro Histórico, Porto Alegre, RS, CEP: 90010-210